Arquitetura, Dicas, Gestão, Planejamento, Recursos Humanos, Reformas, Síndicos

7 motivos para contratar uma empresa de arquitetura de interiores para reformas no condomínio

junho 27, 2019
arquitetura de interiores
Tempo de leitura 6 min
Powered by Rock Convert

Dentro de um condomínio, as reformas são muito comuns e necessárias para garantir o bem-estar dos moradores, mas podem se tornar sinônimo de desgastes para o síndico e os próprios condôminos. Por isso, a arquitetura de interiores tem o importante papel de controlar a obra e garantir uma experiência sem grandes problemas.

Neste artigo, separamos os principais motivos para contar com uma ajuda especializada nas reformas do condomínio. Então, continue lendo para saber como é importante contratar uma empresa de arquitetura de interiores de qualidade!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

1. Atendimento às exigências legais

As reformas e os demais tipos de obras em condomínios devem cumprir as exigências estabelecidas por lei para que o prédio funcione de maneira regular. O descumprimento de tais obrigações pode gerar sanções, multas e até a interdição do condomínio. Mas vale lembrar que os arquitetos têm conhecimento a respeito de todas as regras nesse sentido.

Entre as normas mais comuns, está a acessibilidade, ou seja, a presença de meios para que todas as pessoas consigam transitar naquele espaço. Assim, indivíduos portadores de deficiências ou com mobilidade reduzida terão a dignidade respeitada. Dentro disso, inclui-se a reserva de vagas do estacionamento e as modificações para tornar o condomínio mais acessível.

O piso deve ser antiderrapante e sem elementos que provoquem a trepidação da cadeira de rodas. Já as portas de acesso às áreas comuns precisam contar com dispositivos para abertura instalados em uma altura plausível ao acesso de cadeirantes. As rampas de acesso e os elevadores são outras medidas importantes, além de outras sobre as quais o arquiteto tem conhecimento.

A proteção contra incêndios é exigida para obter o alvará de funcionamento do Corpo de Bombeiros. É imprescindível contar com itens de segurança como extintores, portas corta-fogo e mangueira, além de utilizar materiais não inflamáveis e estabelecer uma rota de fuga etc.

2. Experiência na área

Uma reforma feita sem o planejamento e as orientações de profissionais competentes pode colocar em risco a saúde e o bem-estar dos moradores, além de causar problemas futuros para o condomínio. Dessa forma, as empresas de arquitetura se destacam pela experiência na área.

É preciso não só contar com os conhecimentos básicos de arquitetura de interiores, mas principalmente definir qual a aplicabilidade de cada um deles nos condomínios. Saber isso antes de contratar um serviço é essencial para o bom andamento da obra.

3. Cumprimento de prazos

Não é raro que reformas e obras em geral acabem excedendo o prazo de entrega do imóvel, mas essa situação pode ser evitada. O bom planejamento do arquiteto ajuda na questão, pois sua atuação vai desde a escolha do projeto até a contratação de profissionais para executar as mudanças necessárias.

Quando as reformas da área comum são feitas dentro do prazo estabelecido, os moradores ficam mais confiantes na competência da administração. Isso evita os conflitos internos por insatisfação dos condôminos.

4. Aplicação da sustentabilidade

A sustentabilidade é uma pauta atual, que se aplica a diversos tipos de serviço e deve estar presente nas áreas residenciais também. As empresas de arquitetura são preparadas para aplicar os conceitos sustentáveis nas escolhas feitas durante a reforma, contribuindo para a economia de recursos naturais.

Assim, por meio do aproveitamento da luz natural, do uso de cores adequadas nas paredes e da opção pelas lâmpadas de LED, é possível otimizar o uso de energia elétrica e poupar gastos.

A inserção de plantas no projeto arquitetônico, para melhorar a harmonia do ambiente e o bem-estar geral, também faz parte das ações sustentáveis. O aproveitamento da ventilação é um fator de grande importância, já que diminui o uso dos condicionadores de ar e aumenta da qualidade daquilo que respiramos.

5. Orçamento bem definido

O controle de gastos é imprescindível para uma reforma — principalmente quando se trata de condomínios. Isso porque as alterações que serão feitas passam pela aprovação dos moradores, portanto chegar ao fim da obra com o orçamento estourado pode acabar prejudicando o cumprimento dessas mudanças.

Pensando nisso, contratar uma empresa de arquitetura é um investimento, pois os profissionais dessa área conseguem estipular qual será o orçamento necessário, incluindo os gastos imprevistos. Esses custos estão relacionados a perdas de materiais, falhas nos equipamentos e outros fatores que os profissionais experientes conseguem estimar.

A divisão do capital disponível também tem auxílio dos arquitetos, que conseguem calcular quanto cada parte da obra (materiais, mão de obra, água, iluminação) gasta e sabem como é possível economizar.

6. Uso de técnicas e tendências atuais

As tendências de arquitetura e decoração mudam constantemente, sendo que utilizá-las para obter um ambiente harmônico é papel dos arquitetos. Aplicá-las nas áreas comuns do condomínio é uma maneira de manter o local atualizado com o que está em voga na época.

Entre o layout da planta, a disposição dos móveis, as texturas, estampas, cores e materiais diversos, fica fácil se perder se não houver uma boa orientação. A arquitetura de interiores promove uma aplicação inteligente das tendências, focando na funcionalidade em consonância com uma decoração atraente.

Uma tendência que tem sido amplamente usada, por exemplo, são os ambientes integrados, nos quais alguns cômodos não apresentam divisão de paredes e portas. Tal prática pode ser adotada na área de lazer, unindo diferentes ambientes com o mobiliário adequado.

7. Acompanhamento da obra

síndico tem muitas atribuições e responsabilidades, portanto não é possível que acompanhe a reforma de maneira efetiva. Esse é outro ponto em que a arquitetura de interiores se destaca, uma vez que os profissionais do ramo acompanham todo o andamento da obra.

Trata-se de uma forma de garantir que todos os profissionais envolvidos no projeto desempenhem seus papéis da maneira adequada, seguindo as regras estabelecidas. Com isso, os erros que podem provocar perdas de recursos ou até acidentes de trabalho são evitados. As orientações do arquiteto contribuem para todas as etapas da obra.

Pronto! Agora você já percebeu o quanto a arquitetura de interiores é importante para que a reforma no condomínio seja um sucesso, certo? Na hora de contratar uma empresa da área, pesquise bastante, analise os portfólios e procure saber o nível de satisfação dos outros clientes.

Achou este conteúdo interessante? Então, entre em contato conosco e conheça os nossos serviços!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário