Arquitetura, Dicas, Reformas, Síndicos

Como preparar a decoração de Natal do meu condomínio?

novembro 29, 2018
Decoração de Natal
Tempo de leitura 6 min

Com as festas de fim de ano aproximando, é o momento de fazer a decoração de Natal do condomínio. As luzes e enfeites trazem o clima de alegria da época para os moradores e deixam o local encantador.

Apesar do resultado satisfatório, essa é uma tarefa trabalhosa — afinal, são muitos os detalhes que precisam ser pensados! Neste texto, trouxemos algumas incríveis dicas para ajudar você nesse desafio. Vamos lá!

Planejamento e custos

O planejamento dos gastos com a decoração natalina começa no início do ano, quando é informado aos condôminos quais serão os custos dos próximos 12 meses. Dessa forma, só é preciso avisar se houver uma mudança de planos com adição de novos valores, com a devida prestação de contas.

Com o orçamento e o limite de gastos definidos, é necessário verificar o que falta para complementar a decoração. Em condomínios onde já é uma tradição enfeitar o local com o tema natalino, é possível aproveitar elementos de anos anteriores.

Nesse caso, é válido verificar se os objetos estão em bom estado de conservação ou se estão obsoletos. Observe também se é preciso trocar as lâmpadas dos pisca-piscas ou, até mesmo, comprar novos.

O síndico deve estabelecer junto com os moradores quais serão as áreas do condomínio que receberão os enfeites. Uma decoração completa contempla a fachada externa, os jardins, o salão de festas e até a frente dos apartamentos.

Com isso em mente, é necessário fazer uma lista do que falta comprar e ir pesquisar preços o quanto antes. A partir de setembro, muitos comércios já começam a renovar os produtos de Natal. Uma boa ideia é pesquisar a reputação das lojas antes, para evitar a compra de produtos de baixa qualidade.

Para a montagem da decoração, conte com a ajuda dos próprios moradores. Atividades que não envolvam risco de choque ou de queda podem sem feitas com facilidade por todos, economizando dinheiro na contratação de serviços. Além disso, o toque pessoal trará mais harmonia à estética.

Principais cuidados

Durante a montagem da decoração de Natal do condomínio, há o risco de eventuais acidentes, principalmente relacionados a eletricidade. Assim, se não existirem tomadas suficientes e for necessário levar energia para algum ponto, isso deve ser feito por profissionais habilitados, como eletricistas.

Equipamentos como cordões de luz, pisca-piscas e mangueiras devem ter certificação de segurança e devem ter boas condições de uso, sem fios soltos e, de preferência, sem emendas. Se existirem emendas, essas devem estar presas com uma fita isolante de boa qualidade.

Essa parte da ornamentação deve ser montada antes de ser conectada à tomada. E, se for observado que alguma lâmpada parou de funcionar após o acionamento, tudo deve ser devidamente desligado antes de alguém encostar na fiação para realizar a troca.

É importante que a tensão dos aparelhos seja a mesma da rede, para evitar superaquecimento e princípios de incêndio. Também não se deve sobrecarregar as tomadas com extensões, ligando tudo em um único local. Isso é extremamente arriscado.

Principalmente em instalações feitas em janelas e grades, é preciso verificar que a decoração fique longe dos fios de alta-tensão e dos postes de iluminação pública.

Além disso, mesmo que organizar pisca-piscas pareça bastante simples, isso só deve ser feito por adultos. Apesar de que a data seja ainda mais especial para as crianças, elas só devem ser envolvidas em atividades que não ofereçam risco.

É preciso tomar cuidado com decorações que fiquem no alto, como na sacada dos apartamentos. Deve-se evitar que elas sejam fixadas para o lado de fora — evitando o risco de despencarem e acertarem alguém.

Tipos de decoração

Existem diversas opções de objetos decorativos de Natal. Elas variam em complexidade, preço, tamanho, cor, entre outros. Mas há ornamentos clássicos que não podem faltar em qualquer decoração!

Luzes

A iluminação é parte importante de toda decoração, e isso não é diferente para o tema natalino. A tradição pede pisca-piscas que, apesar de serem presença antiga, apresentam diversos modelos. As versões mais modernas possuem lâmpadas de LED, o que ajuda na economia de energia.

O pisca-pisca é ideal para áreas comuns e externas, especialmente o jardim. Ele pode ser enrolado no tronco e nos galhos de árvores, causando um incrível efeito visual. Ele pode aparecer, também, armado em formato de diversas figuras, como estrelas e árvores.

Guirlandas

As guirlandas são tradicionalmente coroas de ramagens entrelaçadas e decoradas com laços ou pinhas. É possível combinar com os moradores de pendurar esse ornamento na porta de cada apartamento, trazendo o espírito natalino para o interior dos prédios.

Existem inúmeras variações de guirlandas, como as que são feitas de bolas decorativas, de tecido, de flores, de rolhas de garrafa e, até mesmo, de balas e bombons. Assim, é importante escolher um modelo para todas as portas, evitando que o ambiente fique com excesso de informação.

Papai Noel

Em uma decoração natalina que se preze, não pode faltar a figura de roupa vermelha e barba branca que encanta pessoas de todas as faixas etárias. Por isso, aposte em espalhar diversos Papais-Noéis pelo condomínio.

Há um grande leque de opções desse tipo de decoração, para todos os gostos. É possível usar um enfeite de madeira com uma estaca que se encaixa no gramado. Ele pode ser fixado também nos vasos de plantas pelos corredores. Além disso, há enfeites de plástico iluminados, para serem colocados no jardim. Outra opção interessante são os bonecos que saem de chaminés, sobem escadinhas ou a clássica versão do Papai Noel sentado no trenó puxado por renas.

Árvore

O pinheiro verde é um grande símbolo da época e é um elemento que pode ser aproveitado por alguns anos, desde que não esteja danificado. Ele pode ser montado no hall de entrada do condomínio, onde todos terão acesso.

A Árvore de Natal deve ser decorada com bolas coloridas, festões, pingentes, presentes e, claro, a estrela no topo. A regra aqui é que fique bonita e agradável para todos, tornando essa tradição encantadora.

Depois deste texto, você sabe como fazer a decoração de Natal do condomínio, com um bom planejamento e seguindo o limite de gastos. Lembre-se de retirar os enfeites na primeira semana de janeiro, para que não estraguem e não deixem o lugar visualmente poluído.

Gostou deste conteúdo? Então, continue no nosso blog e descubra 5 formas de decoração do hall de entrada de prédios!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário