Arquitetura, Dicas, Gestão, Planejamento, Recursos Humanos, Reformas, Síndicos

Entenda a importância do projeto elétrico na construção civil

março 21, 2019
projeto elétrico
Tempo de leitura 6 min

O planejamento é uma parte crucial da construção civil para que gastos e o tempo de trabalho fiquem dentro do esperado e para garantir um serviço de qualidade. Assim, planejar um projeto elétrico e hidráulico dentro deste contexto é algo essencial porque garante que essas fases do empreendimento sejam adequadas e seguras. E, nesses casos, isso depende muito da qualidade e da experiência dos profissionais.

Neste texto, falaremos mais sobre esse tipo de projeto, no que ele consiste e na sua respectiva importância. Continue lendo para receber essas informações e ficar por dentro desse assunto. Boa leitura!

O que é o projeto elétrico e hidráulico?

Inicialmente, parece que o entendimento do que consiste essa categoria de projeto é quase intuitivo, principalmente pelo significado dos termos, mas há muitos aspectos envolvidos. Entenda mais sobre isso abaixo.

Elétrico

O planejamento da parte elétrica é feito considerando o tipo de construção e sua necessidade. Isso porque uma residência ou um comércio têm diferentes finalidades, e as funcionalidades energéticas serão muito diferentes. O projeto arquitetônico também é levado em consideração, sendo o layout determinante para o posicionamento de tomadas, lâmpadas e, consequentemente, para a passagem de fios.

Dentro do projeto elétrico, o profissional realiza o cálculo da iluminação, ou o cálculo luminotécnico, para saber a quantidade de lúmens necessária para um determinado ambiente. A partir daí é feita a escolha da potência das lâmpadas, sendo apresentado para o cliente as opções existentes dentro desse valor, levando em conta preço, economia, responsabilidade ambiental, entre outros.

Nessa etapa também é feito o dimensionamento de tomadas e interruptores, considerando o número de equipamentos ligados à energia, o número de lâmpadas e o tipo de ligação que será feita. Isso porque, dependendo do caso, pode ser necessário instalar comutadores simples, duplos ou intermediários, assim como tomadas de uso geral ou de uso específico.

Considerando tudo isso, é preciso ter noção da carga instalada para dimensionar os cabos, o disjuntor e outros componentes elétricos. Dessa maneira, também é feita a instalação do quadro de distribuição que permite a acessibilidade a todos os elementos e que contém os dispositivos de proteção.

Hidráulico

O projeto hidráulico envolve as tubulações que entram e saem com água fria, quente ou pluvial, além do esgoto. Os canos que levam água fria devem ser projetados de maneira que o fluxo do líquido seja contínuo, garantindo pressão e velocidade suficientes para não atrapalhar o abastecimento e o funcionamento de torneiras, chuveiros e sanitários. Ainda considerando esse sistema, a caixa d’água precisa ser calculada para alimentar suficientemente um funcionamento normal de dois dias.

É cada vez mais comum que as construções utilizem o sistema de aquecimento solar para garantir água quente sem gastar eletricidade. Por isso, o armazenamento e a transmissão do líquido aquecido fazem parte do planejamento hidráulico. Aqui, a qualidade do material utilizado é ainda mais importante porque acarreta algumas preocupações, como a dilatação do cano e isolamento térmico.

Outro ponto muito importante é a gestão da instalação dos esgotos que é imprescindível para o bem-estar e a saúde dos usuários de um local. Isso porque os profissionais identificam as partes geradoras de águas negras, cinzas, com gordura, entre outros, para fazer a separação do encanamento e do destino dos despejos.

Isso tem um grande valor pensando, por exemplo, no reúso de água, que só deve ser feito com o tipo cinza.

Qual a importância desse projeto?

O projeto elétrico e hidráulico tem muitas implicações no futuro de uma obra. A economia na fatura energética é proporcionada, assim como os gastos com água e esgotamento sanitário, porque o desperdício desses recursos tem como ser evitado. Isso é gerado por um planejamento eficiente e ponderado que evite erros comuns que reduzem o valor de mercado da propriedade.

Esse mesmo planejamento corrobora para uma gestão eficiente de materiais de construção, sejam eles da própria instalação elétrica e hidráulica ou daqueles utilizados para formar a estrutura arquitetônica — já que a falta dele costuma gerar refações de alguma instalação, sendo necessário quebrar paredes e até reconstruir estruturas. Assim, também há a economia de capital nesse sentido porque não é preciso comprar material em quantidades desnecessárias.

A confecção do projeto também contribui para futuras obras, permitindo a ampliação o a reforma. Para adição de novos cômodos, como banheiros e suítes, é necessário saber onde estão as tubulações. Essa informação consta na planta hidráulica, tornando mínima as mudanças na edificação original. Do contrário, quando a localização dos canos é imprecisa, uma obra dessa natureza se torna inviável por ser muito dispendiosa.

A situação da porção hidráulica tem as suas próprias consequências. Canos de baixa qualidade tendem estourar ou vazar com facilidade, gerando perda de água e colocando em risco a estrutura da construção por causa do acúmulo da umidade que causa mofo, estufamento da parede e até mesmo fissuras. A inadequação do esgoto propicia um risco de contaminação do solo ao redor, além do vazamento de gases fétidos que são muito desagradáveis.

Já o projeto elétrico evita o surgimento de problemas como a sobrecarga de corrente em um fio, o curto-circuito de um sistema causado pelo superaquecimento de cabos e o excesso de tensão no sistema. Todos esses quadros implicam em consequências de maior ou menor gravidade, mas que são sempre preocupantes.

O mal planejamento elétrico prejudica o funcionamento de eletrodomésticos e outros equipamentos — gerando danos irreversíveis, inclusive. Em casos mais graves, incêndios são provocados por algo simples que poderia ser facilmente evitado.

Por que contratar uma consultoria especializada?

É indicado para obras de todas as dimensões buscar uma consultoria especializada para a elaboração do projeto elétrico e hidráulico porque esse tipo de serviço conta com todas as informações pertinentes a esses assuntos. Além disso, é estabelecido um padrão de qualidade, que garante segurança para as construções. A experiência dessas empresas também permite maior agilidade, com todas as funcionalidades garantidas.

Pronto! Agora você já sabe como o projeto elétrico e hidráulico funciona e como ele é vantajoso na construção civil. Lembre-se que é importante contar com a ajuda de uma consultoria para garantir um trabalho de qualidade!

Gostou deste conteúdo? Então, entre em contato conosco e conheça os nossos projetos arquitetônicos!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário