Arquitetura

Laudo técnico para condomínios: tudo o que você precisar saber

setembro 18, 2019
Tempo de leitura 6 min
Powered by Rock Convert

Ser o síndico de um condomínio exige uma série de medidas ao longo do tempo. Além do papel de intermediar conflitos, ele é também responsável por todos os cuidados com os reparos estruturais e as obras realizadas no ambiente interno do local.

Isso exige que ele tenha o respaldo do máximo de documentos e laudos possíveis. Afinal, o síndico precisa comprovar que nenhuma alteração poderá causar qualquer tipo de problema para os moradores. Uma das formas de conseguir isso é por meio da elaboração de um laudo técnico.

Você já tinha ouvido falar sobre esse tema? Se ainda não, é hora de ler nosso artigo e tirar suas dúvidas sobre o assunto!

O que é um laudo técnico?

O laudo técnico, de uma forma bem simples, trata-se de um documento, elaborado por um especialista em uma determinada área (arquitetura, urbanismo, engenharia, entre outras), no qual há um relatório sobre determinado fato que necessite ser analisado.

Por exemplo, um laudo técnico de engenharia aborda componentes construtivos, verificando se há falhas ou anomalias que precisam ser corrigidas e apontando quais são os pontos que necessitam de melhorias. Assim, é possível identificar as principais causas dos problemas e esclarecer as diretrizes técnicas para o processo de reparo.

Quando contar com um laudo técnico?

Existem algumas situações nas quais é necessário elaborar um laudo técnico e que merecem a atenção por parte do síndico responsável pelo condomínio. São elas:

  • perícias;
  • reparos pontuais;
  • avaliação de risco para a edificação devido a uma obra vizinha;
  • riscos graves à solidez da estrutura do condomínio;
  • momentos de auditoria;
  • antes de reformas;
  • na presença de alguns problemas, como infiltrações, rachaduras, deficiências em sistemas hidráulicos e curtos-circuitos;
  • ao contestar a construtora;
  • no final do prazo de vigência da garantia de cinco anos atribuído à construtora.

Por que os condomínios precisam de um laudo técnico?

Toda edificação necessita de um laudo técnico para realizar suas alterações internas, de forma a realizar os reparos necessários para manter a estrutura intacta e minimizar possíveis problemas que possam surgir posteriormente.

Nos condomínios, essa necessidade se torna ainda mais proeminente. Afinal, estamos falando de uma estrutura na qual há uma série de moradores que podem sofrer com as consequências de projetos ruins, obras malfeitas, reparos que não tenham sido realizados com os cuidados necessários, entre outros pontos.

Sendo assim, os laudos técnicos são fundamentais para garantir a segurança de todos os moradores, bem como para a certificação de que as medidas tomadas são as melhores para todos os residentes.

Devido a essa responsabilidade, há uma série de exigências legais para a realização de construções, obras e reparos nesse tipo de edificação. Como vimos, uma delas é justamente a elaboração de laudos técnicos para a liberação da obra.

Além disso, há cidades que exigem uma vistoria técnica nas construções periodicamente. É o caso do Rio de Janeiro, onde é obrigatória a verificação a cada cinco anos, como uma forma de garantir maior segurança aos moradores dentro das construções.

Outro ponto que exemplifica a importância de um laudo técnico diz respeito a problemas na execução das atividades das construtoras. Por exemplo, muitas delas, ao identificar falhas, tomam medidas paliativas, demorando para solucionar de fato a questão. Nesses casos, esperam que expire a garantia de cinco anos imposta legalmente para resolver questões dos edifícios pelos quais são responsáveis.

Por fim, podemos falar também que ter laudos técnicos em mãos pode ser uma forma de refutar possíveis cobranças dos condôminos, demonstrando que a decisão tomada é a mais acertada para a segurança de todos.

Quais são os principais tipos de laudos para condomínios?

É fundamental saber quais são os principais tipos de laudos para condomínios, de forma a identificar quais deles devem ser solicitados e qual é o melhor momento para isso. A seguir, conheça os mais pedidos.

  • laudo estrutural: aborda questões como fissuras, rachaduras, rupturas, entre outros problemas que ocorrem por falhas de projeto ou por sua respectiva execução, causas externas, entre outros pontos;
  • laudo de instalações hidráulicas: falhas ou possíveis vazamentos que estejam comprometendo o abastecimento de água do condomínio;
  • laudo de instalações elétricas: sobrecargas elétricas, falta de desempenho, falhas no funcionamento, incêndios, raios, curtos-circuitos, entre outros pontos;
  • laudo de reforma de apartamentos, casas e edifícios: são os laudos que são necessários em situações de reformas internas que possam, principalmente, acarretar mudanças na estrutura do condomínio, seguindo as normas legais para esse fim.

Qual a importância de contratar uma empresa especializada nesse tipo de serviço?

Como você pôde perceber neste artigo, os laudos técnicos são fundamentais para garantir a segurança estrutural do seu condomínio. São esses relatórios que atestarão a confiabilidade do que está sendo elaborado no ambiente interno do local.

Portanto, para que cumpra sua função adequadamente, o documento precisa ser elaborado por verdadeiros especialistas na área. Eles terão know-how suficiente para realizar as avaliações adequadamente, verificando as partes que precisam ser observadas e oferecendo as melhores soluções para cada problema apresentado.

Para isso, é fundamental que você contrate uma empresa especializada em elaboração de laudos técnicos para condomínios. Os profissionais envolvidos têm o conhecimento necessário para lidar com as peculiaridades desse tipo de estrutura, garantindo que as soluções apontadas trarão, de fato, segurança para todos.

Lembre-se de que você, como síndico, é responsável pelas obras realizadas dentro do ambiente do condomínio. Assim, caso você seja negligente, poderá responder até mesmo legalmente pelos problemas encontrados. Por isso, respalde-se sempre nas mãos de especialistas para minimizar a chance de problemas.

Além disso, um bom laudo pode ser utilizado como laudo pericial, caso ocorra qualquer tipo de desacordo entre o condomínio e a construtora durante o prazo de vigência da garantia da última parte.

Por isso, pesquise quais são as empresas especializadas nesse tipo de serviço e busque aquelas que têm profissionais com os melhores currículos e maior experiência, capazes de realizar a elaboração do documento com o mínimo de erro.

Deseja encontrar uma empresa séria e responsável para a elaboração do laudo técnico do seu condomínio? Conheça o nosso trabalho! Temos os melhores especialistas para realizar esse tipo de verificação e proteger as estruturas do local. Entre em contato e veja nossos serviços!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário