Arquitetura

Veja agora as principais fases de um projeto arquitetônico!

novembro 27, 2019
Tempo de leitura 6 min
Powered by Rock Convert

Projetar uma nova construção é um trabalho que o arquiteto tem diante de uma ideia. Na edificação de condomínios, o projeto arquitetônico é parte do planejamento e ajuda a entender como aquele empreendimento será posicionado e erigido a longo prazo. Em meio à necessidade de desenvolver esse projeto, é sempre importante perceber como ele é feito e suas etapas.

Da perspectiva de planejar a maneira como se deseja o condomínio, até o momento em que a ideia está pronta, há uma série de fases. Esse trabalho auxilia a projetar o resultado, algo que favorece a equipe de trabalho e também o futuro comprador do imóvel. Além disso, um projeto bem-elaborado garante segurança, conforto e uma boa relação custo-benefício!

Neste post falaremos um pouco mais sobre a importância do projeto arquitetônico de um condomínio e de que forma ele é desenvolvido. Confira!

O que é um projeto arquitetônico?

O projeto arquitetônico é a concretização de um planejamento para a renovação, ou construção, da arquitetura de uma edificação ou espaço. Nesse trabalho, todas as ideias pensadas para a estrutura são propostas, então é desenvolvido um projeto concreto que preze pela viabilidade.

Na construção de condomínios, há um período prévio em que ocorre o estudo da localidade, a proposta arquitetônica e, analisando esses fatores, é definido como esse local será. O projeto se trata de trazer todas essas ideias para os campos do estudo técnico e entender o que pode e não pode ser feito. Ele deve entregar uma resposta e projetar como o condomínio ficará quando pronto.

A partir do projeto arquitetônico há o trabalho da engenharia e da construção. A proposta de concretizar essa ideia e gerar a projeção do resultado é garantir que o condomínio seja realmente erguido seguindo essas bases. Um bom projeto deve unir estética, funcionalidade e segurança!

Quais são as vantagens de realizar um bom projeto?

A realização de um projeto arquitetônico traz vantagens muito relevantes, tanto para o morador, que vai ocupar esse condomínio quando pronto, quanto para quem vai executar o projeto. Um planejamento sólido que dê uma projeção clara do resultado da construção é fundamental!

Fator decisivo na atratividade do cliente

Clientes estão sempre preocupados, primeiramente, com a parte estética do imóvel que estão comprando, muito pelo fato de não terem conhecimento técnico. Dessa forma, o projeto arquitetônico é atrativo para o consumidor, pois mostra com clareza como o condomínio ficará, assim há boas chances de ele se sentir seduzido e engajar-se na compra.

Definições exatas da localização e da dimensão

Para a construção, o projeto se torna tecnicamente fundamental. O trabalho dos arquitetos proporciona indicações precisas das dimensões das edificações e também da localização de cada construção dentro da área do condomínio. Esse é um ótimo ponto de partida para um trabalho benfeito!

Vantagem competitiva

Construtoras que conseguem ter um projeto arquitetônico de qualidade estão à frente de sua concorrência no segmento. Quanto melhor for essa projeção e representação, mais atrativo para o consumidor e, com isso, os resultados de faturamento são potencializados.

Quais são as fases de um projeto arquitetônico?

Um projeto arquitetônico é desenvolvido em fases, desde o levantamento de dados até a sua concretização em um material técnico que segue para a construção. A seguir, entenda tais etapas e saiba como esse documento é desenvolvido!

Levantamento ou briefing

Primeiro momento, no briefing há um levantamento de dados relacionados ao terreno, suas limitações e o que pode ser feito no entorno. A partir disso, o arquiteto leva esses dados ao cliente e junto a ele define algumas ideias, sempre ouvindo o que é pretendido inicialmente para esse condomínio.

Estudo preliminar

Já de posse dessas informações e com ideias mais concretas, o arquiteto começa a esboçar o projeto de acordo com o que foi acordado com o cliente. Tudo é considerado para que essa reprodução primária chegue o mais próximo possível do que foi proposto. Assim, é feito um desenho inicial do projeto em questão.

Anteprojeto

O anteprojeto é o próximo passo, esse já está repleto de informações básicas. As dimensões, caraterísticas físicas, instalações, proporções e outros detalhes técnicos são definidos e devidamente relacionados na fase em questão. No anteprojeto ainda podem ser feitas alterações, sendo nele a última etapa para isso.

Projeto legal

O projeto legal é o que vai garantir que tudo planejado no anteprojeto se adéque às normas municipais e às leis da região. A ideia é fazer com que o conceito já concreto seja aprovado pelos meios legais ou, se necessário, tenha restrições apontadas. Essa etapa é marcada pela entrega do projeto à prefeitura, pagamento das taxas e resposta sobre a aprovação.

Projeto executivo

O projeto executivo é a fase final, o que deixa claro: é nessa etapa em que tudo deve estar devidamente detalhado. As informações técnicas, orientações e todos os dados cruciais para o início das obras devem estar devidamente relacionados com clareza. É o projeto executivo que vai para o canteiro de obras, dando início à construção.

O que um projeto bem-planejado traz como resultado?

Um bom projeto arquitetônico proporciona resultados buscados por todas as partes envolvidas: arquiteto, construtora e o cliente, que vai usufruir da estrutura futuramente. Veja o que pode ser tirado de positivo em um trabalho benfeito!

Segurança

Arquitetura tem relação direta com a segurança em uma edificação. Trata-se de garantir que, além de ter a estética desejada, aquele condomínio também seja construído com bases de segurança. Projetos de combate a incêndio, por exemplo, são contemplados na parte arquitetônica.

Conforto

O conforto atinge o morador, ou seja, o cliente final dessa construção. A arquitetura dos imóveis deve ser planejada para que haja uma adequação perfeita ao estilo de vida e às necessidades do futuro comprador, considerando também a acessibilidade. Um projeto arquitetônico de primeira não deixa isso faltar!

Custo-benefício

A construção de um condomínio é um empreendimento que demanda altos investimentos, então é preciso garantir que eles se justifiquem. Uma boa relação custo-benefício se apresenta de duas formas: primeiramente, à construtora que investe e quer vender por um bom preço, depois, é preciso ser justo também com o morador que deseja pagar pelo imóvel um valor que faça sentido.

O projeto arquitetônico é um trabalho fundamental para qualquer condomínio, seja na construção, seja em reformas. Para garantir um trabalho de primeira, é imprescindível contar com profissionais e escritórios competentes, como o Diretório!

E então, conseguiu perceber a importância de um projeto arquitetônico. Para ajudá-lo com isso, entre em contato conosco e saiba como trabalharemos o seu projeto!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário